quarta-feira, 1 de julho de 2009

SONETO PARA UM AMOR PERPÉTUO

SONETO PARA UM AMOR PERPÉTUO
***
Nada fará de ti me esquecer
Amor eterno e verdadeiro, eu juro
Alegria de viver vejo em ti florescer
Sentimento ilustre que flui tão puro

Amada que reluz em belo entardecer
Amor que resplandece em meu futuro
Sublime criatura que faz renascer
Jovens emoções em um homem maduro

Teu sorriso num fascínio me acalma
Teu meigo olhar se traduz em sedução
Teu perfume em meu corpo se espalma

Hei de amar-te além da paixão
Perpetuando-te tatuada em minh’alma
E esculpida em meu coração

João Luis Mastrângelo

***

4 comentários:

  1. Muito bom esse poema, bem vanguardista: "tatuada em minh'alma", é bem moderno.

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo seu Blog ,amigo João Luiz do Orkut!Vivo poetando tb ,mas meus poemas sairão ,breve ,em livro.

    Visite o meu tb e comente lá!


    Beijokas

    Donetzka



    Meu Blog com som:(Visitem ,comentem lá e recomendem!).As músicas só serão ouvidas se abrir no Internet Explorer e comentem para eu saber que visitou!(Aguarde o som carregar!)

    http://donetzka.nireblog.com/

    ResponderExcluir
  3. Perfeito! Parabéns.O poeta faz os poemas tirados da alma,amei,beijos!!! Edva Mômica.

    ResponderExcluir